PPGCM e OMPV contribuem com a resposta ao desastre no RS

A partir do dia 17 de maio de 2024, a Escola de Comando e Estado-Maior do Exército (ECEME) adensou sua contribuição na resposta ao desastre que ocorre no Rio Grande do Sul (RS). Por meio do Instituto Meira Mattos (IMM), a ECEME passou a produzir gráficos e representações cartográficas que possam contribuir com as ações das tropas na linha de frente da Operação Taquari II. Além disso, o IMM cumpre um papel fundamental de auxiliar na comunicação das ações, contribuindo, de forma transparente, para que a sociedade conheça as respostas que essa operação conjunta promove.


Até o momento, foram produzidos 10 gráficos e 15 mapas georreferenciados sobre assuntos variados, como quantidade de pessoas atingidas, natureza da resposta demandada pela sociedade, tipo de ações promovidas, efetivo empregado, origem do efetivo, material empregado, entre outros.


Os dados enviados pelo Comando Conjunto da Operação Taquari II são tratados pelo Prof. Dr. Rubens de S. Duarte, do Programa de Pós-Graduação em Ciências Militares (PPGCM) e transformados em gráficos e mapas pela geógrafa Nadhine da Silva, do Observatório Militar da Praia Vermelha (OMPV). Com isso, a ECEME aprofunda seu comprometimento com as demandas da sociedade, alinhados com as necessidades e objetivos do Exército Brasileiro.

 

 

 

 

 



Voltar ...